Vai para Nova Zelândia? Saiba quais as mudanças no Visto Eletrônico do país!

0
128

Você sabia? A partir do dia 01 outubro de 2019, os viajantes brasileiros e de outros 59 países, que têm como destino a Nova Zelândia, devem apresentar um ETA (Electronic Travel Authorization).

A sugestão para esses viajantes é emitir o documento a partir de 01 de julho, mas a obrigatoriedade começa somente em outubro.

Informações importantes:

  • O valor da taxa consular é de 12 dólares neozelandeses.
  • O prazo médio de análise é de até 72h após aplicação.
  • A validade do ETA é de até 02 anos e permite múltiplas entradas.
  • Tripulantes de navio e avião também precisarão do ETA, a diferença é que a taxa custa 9 dólares neozelandeses (são isentos da taxa International Visitor Conservation and Tourism Levy, chamada de IVL, por isso o valor menor), e o ETA terá validade de até 05 anos.

Quem precisa de um ETA para visitar a Nova Zelândia?

  • Todos os passageiros que hoje não precisam de visto, por exemplo, brasileiros.
  • Os residentes permanentes na Austrália.
  • Todos e quaisquer passageiros de cruzeiros, independente da nacionalidade, se enquadrarão nessa nova regra.
  • Os tripulantes de avião e cruzeiro devem solicitar o ETA.
  • Os passageiros que farão trânsito na Nova Zelândia, mesmo que o país não seja o destino final.

Quem não precisa de um ETA para visitar a Nova Zelândia?

  • Portadores de passaporte da Nova Zelândia e Austrália.
  • Portadores de visto válido para Nova Zelândia.

Para mais informações, entre em contato com a Schultz Vistos: www.vistos.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA