Conheça a Austrália e seus encantos

0
222

Mais do que o país do carismático amigo canguru ou do pequeno e meigo coala e até mesmo do famoso peixe-palhaço, a Austrália é um destino que tem despertado interesse nos brasileiros, seja para passeio ou estudos no exterior. Você já conhece a Austrália e seus encantos?

O destino tem uma natureza invejável, que abriga praias paradisíacas, parques nacionais verdejantes e montanhas brancas com estações de esqui. Além disso, o país possui a grande, árida e vermelha região do deserto, o famoso Outback – esse termo te remete a um lugar delicioso onde você costuma encontrar os amigos? Pois saiba que, apesar de oferecer pratos australianos da região do Outback, a rede de restaurantes de mesmo nome é norte-americana.

A Austrália ainda possui grandes cidades modernas enfeitadas com seus arranha-céus com tecnologia de ponta, o que faz deles não só atraentes aos visitantes, mas também lugares perfeitos para morar. Sua atmosfera talvez seja a melhor parte: clima de férias, super alegre e descontraído. Os australianos são conhecidos por serem tranquilos, casuais e por fazerem os turistas se sentirem sempre muito bem-vindos. 

É um país muito seguro para se viver ou viajar, seja sozinho ou acompanhado. Ele também oferece grandes eventos esportivos, pois, assim como nós brasileiros, os australianos amam esportes, e os praticam em uma extensa variedade. 

Melbourne é a segunda maior cidade australiana, com fama de ser uma cidade europeia. Ela é considerada, orgulhosamente, a capital da moda e da gastronomia. Já foi a cidade número 1 do mundo em qualidade de vida. Mas como ouvir seu nome e não associar ao Australian Open de Tênis ou o Grand Prix da Fórmula 1? Já reparou em quantas modalidades a Austrália compete nas Olimpíadas? 

Encantos da Austrália para quem gosta de surf e belezas arquitetônicas

Um país banhado pelos Oceanos Índico e Pacífico em toda sua dimensão, a Austrália propicia aos seus moradores o hábito de nadar, tanto no verão quanto no inverno. Seja na piscina ou no mar, lá estão os australianos nadando logo cedo, assim como os surfistas aproveitando cada onda em Sydney, onde, mais do que esporte, o surf é um estilo de vida. É possível encontrar lá desde jovens aprendizes até os mais sábios “cinquentões”. 

E, por falar em Sydney, como não remeter às grandiosas obras? Ícone não só da cidade como também do país, a Ópera House de Sydney é ponto de visita obrigatório, seja para assistir a shows, espetáculos ou eventos, seja para apreciar o pôr-do-sol saboreando um refrescante drink. O local também é ótimo para apreciar o belo conjunto arquitetônico, projetado em uma competição pelo dinamarquês Jorn Utzon. Sua obra impressiona os olhos: é formada por uma série de grandes “conchas” de concreto pré-moldado, cobertas por mais de 1 milhão de azulejos brancos brilhantes e em creme fosco. 

A obra é suportada por 588 pilares de concreto afundados até 25 metros abaixo do nível do mar, possuindo  paredes de cortina de vidro no saguão e o exterior do edifício. O lugar é, em grande parte, revestido de painéis agregados compostos de granito rosa. O projeto, grandioso e inovador, sofreu atrasos constantes e o custo aumentou astronomicamente. Utzon acabou sendo desligado do projeto e somente após oito anos, em 1973, a Opera House foi inaugurada, contando com a ilustre presença da rainha Elizabeth II. Utzon não foi convidado e seu nome sequer foi citado na cerimônia de inauguração. 

Atualmente, a Opera House faz parte da seleta lista de Patrimônios Mundiais da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Ao seu lado, fica a Sydney Harbour Bridge (Ponte da Baía de Sydney), também conhecida como Ponte Walker, nome do engenheiro que a reconstruiu após a estrutura original ter ido baía abaixo, ligando o centro financeiro de Sydney com a Costa Norte, residencial e comercial. De acordo com registros do Guinness Book, é a ponte de arco em aço mais larga, mais elevada e mais longa do mundo.  Ela permite a travessia rodoviária, ferroviária e pedonal da Baía de Sydney, e há apenas 28 anos é que foi feita a abertura do Túnel da Baía de Sydney ( Sydney Harbour Tunnel ).

A terra do Nemo

Muitos associam a cidade de Sydney ao título de capital da Austrália, por ser a mais populosa do país, com mais de 4 milhões de habitantes. Porém, quem ocupa este posto é Camberra, escolhida estrategicamente em 1908 por estar longe da costa litorânea e, assim, ter menos chance de ser bombardeada no período de guerra. 

O inverno na parte sul da Austrália, considerando de Sydney para baixo, é frio. Mas, mesmo no inverno, há opção de ir para o litoral norte, rumo à Queensland, onde o verão é constante e possui praias lindas de água quente e muito sol.  

E quem não conhece o famoso peixinho Nemo da Disney? É lá em Great Barrier Reef que está a casa do peixinho palhaço (clownfish), na maior estrutura de corais do mundo. Segundo dizem, ele é o único ser vivo avistado na terra desde o espaço.

Ficou interessado em descobrir as belezas da Austrália? Comece a se planejar desde já e conte com a Schultz Vistos para organizar sua documentação, com praticidade e segurança do início ao fim do processo!

DEIXE UMA RESPOSTA